Doing good, always..

Permalink
Permalink
Permalink amorinamor:

Esse sentimento que me crucifica e ao mesmo tempo me faz tão bem.
(j.tenório)
Permalink ”Eu prometo que, perto ou longe eu sempre vou estar com você.”
Permalink ”E é ai, que meu sorriso toma conta do meu rosto, e os meus olhos brilham como se a lua estivesse refletindo neles, e o meu coração dispara como se tivesse a coisa mais importante de minha vida em minha frente, e as minhas pernas tremem como se eu não tivesse equilibrio em uma corda bamba (…) e finalmente, a minha felicidade vem!”
Permalink ”Mais eu quis, busquei, insisti e não desisti, e se hoje esse sorriso demonstra o que eu sinto, pode ter certeza que eu consegui o que eu queria, e eu sou muito feliz, muito..”
Permalink (…)” Pior é ficar por pena e medo de se arrepender. Não há porque temer o arrependimento. Vai doer, eu sei. Me doeu muito. Você vai sentir saudades, como eu ainda sinto. E em certos momentos vai pensar que fez a escolha errada, que ele era o seu homem, que você jogou o amor da sua vida fora. Mas vai passar, como tudo na vida passa. Eu garanto. Você vai descobrir que o amor pode acontecer mais vezes em uma vida. Vai amar muito até chegar ao seu amor definitivo. Então, quando encontrar a pessoa certa, vai ver que todos aqueles amores passados foram apenas pontes que serviram para te encaminhar para o teu verdadeiro lugar. Para o seu verdadeiro amor..”
Permalink (…) ”Lá só se encontra eu e você, e nada mais. Porque nada mais faz sentido sem você. Amo me perder no seu olhar, amo me perder em você, e no final de tudo, nos encontrar. E é isso que eu vejo de complexo no fundo dos teus olhos, ele me mostra o quão mágico é te amar.”
Permalink "Tô morando, trabalhando, estudando e amando. Esses são os quatro foles da minha vida, no momento, e sobre cada um deles eu teria milhares de páginas a preencher. Sei lá, menina, tá tudo tão legal — e um legal tão batalhado, um legal merecido, de costas e pernas doendo, mas coração tranqüilo." (Caio F.)
Permalink ”Quer saber? Eu canto quando estou sozinha, e não me importo com a afinação. Eu fico fazendo caras e bocas na frente do espelho. Quando eu sinto saudade de alguém, eu imagino que é meu travesseiro. Eu só digo ‘foda-se a opinião dos outros’ porque quero que eles pensem que eu não ligo. Eu não consigo sonhar de pés no chão. Pessoas bipolares me irritam mas eu vivo dizendo que sou, porque eu sou. Desejo coisas que nunca vou ter. Me importo com pessoas que não se importam comigo. Eu julgo pessoas por julgarem outras. Não sou educada ou vivo arrumada quando estou sozinha. Não me importo que você não goste de mim se eu também não gostar de você. Eu gosto de dormir pra fugir dos meus problemas. Não gosto de sentir medo, por medo de não ter ninguém pra me abraçar. Eu choro em filmes tristes. Tem gente que me faz sorrir, mesmo me fazendo chorar. Eu digo que quero esquecer, mas no fundo eu não quero. Eu digo muitas coisas que eu não queria. Eu faço muitas coisas que eu não faria se pensasse melhor. As vezes o luxo me sobe a cabeça. As vezes eu morro de rir de mim mesma, depois de chorar rios. Eu odeio que xinguem meu time. Eu gosto de andar no meio de vários amigos, mesmo não gostando de alguns. Eu sinto ciúmes das pessoas próximas as mim. Não gosto de emprestar dinheiro, mas adoro gastar com coisas futeis. Eu só escrevo textos sobre mim quando quero me entender melhor… E NO FIM EU SÓ ENTENDO, QUE SOU MAIS COMPLICADA DO QUE EU PENSAVA..”